WEB RÁDIO TROPICAL

WEB RÁDIO TROPICAL
24 HORAS NO AR ( A EMOÇÃO DO VERÃO)

OUÇA EM SEU SMART-FONE

SISTEMA ANDROID: CLICK SISTEMA I-PHONE> CLICK! SISTEMA ITUNES: CLICK SISTEMA BLACKBERRY> CLICK

WEB RADIO TROPICAL

24 HORAS NO AR - SEU VERÃO É MAIS GOSTOSO AQUI!
Carregando ...
COBERTURA TOTAL DO VERÃO 2017 DE SÃO FRANCISCO & REGIÃO! -

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Dois morrem após carro sair da pista e cair em rio na BR-040

Carro foi retirado do rio com a ajuda do Corpo de Bombeiros (Foto: PRF| Divulgação)Um homem e uma mulher morreram na manhã desta quarta-feira (22) após o carro em que estavam sair da pista e cair dentro de um rio na altura do km 34, da BR-040, em Areal, no Centro-Sul Fluminense. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu às 10h.
Os bombeiros informaram que foram acionados às 10h38 e que três viaturas foram enviadas para o local. Segundo os militares, as vítimas estavam dentro do carro e foi necessário que um dos bombeiros mergulhasse no rio para retirá-las.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Três Rios.
Os bombeiros informaram ainda que ficaram no local do acidente para ajudar a Concer, concessionária que administra a rodovia, na retirada do veículo de dentro do rio.
Já a PRF afirmou que ficou no local até a chegada do veículo que removeu os corpos, às 14h30.

Polícia faz apreensões de drogas e prisões em fazenda de Rio das Ostras, no RJ

Material foi apreendido pela polícia em fazenda de Rio das Ostras (Foto: Polícia Militar/Divulgação)A Polícia Militar apreendeu quase três mil buchas de maconha e 490 pinos de cocaína nesta segunda-feira (20) em Rio das Ostras, interior do Rio, após denúncias anônimas. Um homem foi preso suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. Horas depois, outros dois suspeitos foram detidos com drogas no mesmo local após novas denúncias.
Segundo a polícia, um jovem foi apreendido e um homem foi detido na madrugada desta terça-feira (21). Eles foram encontrados com uma pistola com numeração raspada, 513 cigarros de maconha, 53 mariolas da mesma droga, 368 pinos de cocaína e 230 embalagens de skank.
Os agentes chegaram ao local após novas denúncias anônimas de que homens ligado ao tráfico de drogas voltaram à região para esconder uma grande quantidade de drogas. Ao chegar lá, os policiais foram recebidos a tiros, mas conseguiram conter os suspeitos. Ninguém ficou ferido, segundo a polícia.
Os flagrantes aconteceram em uma fazenda do bairro Gelson Apicelo. A polícia suspeita que o local era usado para preparar drogas para a venda. Os materiais apreendidos e os suspeitos foram encaminhados para a 128ª Delegacia de Polícia.Horas depois, mais dois suspeitos foram detidos com drogas e arma no mesmo local (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Jovem é detida com drogas dentro da mochila em Rio Bonito, no RJ

Material apreendido com a suspeita foi levado para a delegacia de Rio Bonito (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Uma jovem de 19 anos foi detida por suspeita de tráfico de drogas nesta quarta-feira (22) em Rio Bonito (RJ). De acordo com a Polícia Militar, ela estava com 835 pinos de cocaína e três rádios transmissores.
A suspeita foi abordada por agentes na Rua Dom José Pereira Alves, próximo a rodoviária da cidade, após desembarcar de um veículo de transporte de passageiros. Ainda segundo a PM, o material foi apreendido na mochila da jovem, que informou aos agentes que levava a droga de São Gonçalo para Araruama, na Região dos Lagos do Rio.
A jovem e o material apreendido foram levados para a 119ª Delegacia de Polícia.

Confronto entre facções deixa escolas e postos de saúde fechados em Cabo Frio, RJ, segundo a PM

Polícia Militar reforçou o policiamento em bairros de Cabo Frio (Foto: Polícia Militar/Divulgação)Confronto entre traficantes de facções criminosas rivais deixa seis unidades escolares fechadas nesta quinta-feira (23) em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, segundo informações da Polícia Militar. Houve troca de tiros e uma pessoa foi baleada nesta quarta-feira (22). O policiamento foi reforçado nos bairros Jardim Peró e Reserva do Peró, segundo o comandante do 25º Batalhão de Polícia Militar (BPM), tenente coronel André Henrique.
Os moradores também estão sem ônibus e sem atendimento nos postos de saúde dos bairros Reserva do Peró e Tangará. A empresa de transporte público que atende as comunidades informou que suspendeu o serviço por conta da falta de segurança, sem previsão de retorno. De acordo com a Prefeitura, o problema altera a rotina de 1.802 alunos.
A Secretaria de Educação informou que as escolas municipais Neusa Agualusa da Costa, no Tangará; e Professor Carlos Alberto Gomes de Carvalho, na Colinas do Peró, tiveram as aulas suspensas nesta quinta-feira.
Já a Creche Municipal Professora Elenice Martins, na Reserva do Peró; as escolas municipais Professor Lair Dias Gago Perereira e José Bonifácio Ferreira Novellino, ambas no Jardim Peró; e Professora Leomari Garcia Barreto, no Tangará, funcionaram apenas pela manhã.
No confronto desta quarta-feira, dois jovens foram detidos e a polícia apreendeu munições e uma caixa de fogos.

Motorista de caminhão morre ao bater em ponto de ônibus na RJ-106, em São Pedro da Aldeia

Caminhão bateu em ponto de ônibus às margens da RJ-106 (Foto: Filipe Carbone/G1)Um homem morreu e outras duas pessoas ficaram feridas em um acidente na tarde desta quinta-feira (23) na RJ-106, a Rodovia Amaral Peixoto, na altura de São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o caminhão que o homem estava dirigindo bateu na estrutura de um ponto de ônibus às margens da rodovia. Ainda de acordo com a corporação, os feridos foram encaminhados ao pronto-socorro da cidade.
As causas do acidente serão investigadas na 125ª Delegacia Legal de São Pedro da Aldeia.Motorista morreu no local e outras duas pessoas ficaram feridas (Foto: Filipe Carbone/G1)

Robinho é condenado a nove anos de prisão por violência sexual


23/11/2017, 16h11, Foto: Divulgação
Justiça de Milão decidiu que Robinho deve cumprir nove anos de prisão por ‘violência sexual em grupo’. O caso teria acontecido em 2013, quando o atacante, atualmente no Atlético-MG, jogava pelo Milan. As informações são do diário Leggo.
O abuso teria acontecido sobre uma jovem albanesa, na época com 22 anos, em uma discoteca.
O jogador, que atuou pela seleção brasileira na Copa de 2010, foi acusado do crime com outras cinco pessoas.
Fonte: Esporte ao Minuto 

Pastores evangélicos são alvos de investigação da PF por golpes em fiéis


23/11/2017, 14h43, Foto: Divulgação da PF
A Polícia Federal identificou a atuação de pastores evangélicos para beneficiar uma organização criminosa investigada por golpes milionários que atingiram pelo menos 25 mil pessoas em todo o país. A Operação Ouro de Ofir foi deflagrada nesta quarta-feira (22), contra um grupo que prometia lucros estratosféricos às vítimas em negócios fictícios envolvendo ouro “do tempo do Império” e antigas “letras do Tesouro Nacional”.
Sidiney dos Anjos Peró, alvo de prisão temporária, é apontado com um dos líderes e responsável por arregimentar pastores com o fim de ludibriar e tirar dinheiro dos fiéis. “A característica principal da fraude está em atingir a fé das pessoas e na sua crença em um enriquecimento rápido e legítimo, levando-as a crer, inclusive, que tal mecanismo seria um ‘presente de Deus aos fiéis’, ou seja, trazendo a fé religiosa para o centro da fraude”, afirma o delegado Guilherme Guimarães Farias, em relatório.
Segundo o inquérito, diversas narrativas foram inventadas pela suposta organização criminosa para ludibriar as vítimas. No entanto, apenas os crimes cometidos por intermédio de duas histórias são alvo da ação.
Uma delas se refere a uma família de Campo Grande (MS) detentora dos lucros sobre a venda de centenas de toneladas de ouro do tempo do Brasil Imperial (1822-1889), mas, para repatriar os valores obtidos com os lucros, alega ter um acordo com uma “Corte Internacional”, que coloca uma condição: 40% do montante que receberiam os herdeiros no Brasil teriam de ser doados a terceiros.
Em outro golpe, as vítimas davam valores em troca de uma comissão sobre a “recuperação de antigas letras do Tesouro Nacional”. O esquema era o mesmo: em troca de quantias de, no mínimo, R$ 1 mil, eram prometidos às vítimas grandes lucros. Em ambos os casos, as pessoas nunca receberam o que foi prometido. Há quem já tenha dado mais de R$ 20 mil ao grupo.
De acordo com a PF, abaixo dos mentores dos esquemas, estão “corretores”, que ficam a cargo de cooptar vítimas e inseri-las em grupos nas redes sociais, e escriturários, que fraudavam documentos.
Um dos golpes tem como mentor Sidiney dos Anjos Peró, conhecido pelas vítimas como “‘Dr. Peró”. Ele se diz juiz, mas apenas possui uma carteira de identificação de juiz arbitral do Tribunal de Justiça Arbitral Brasileiro. “É um cargo que não existe. Um árbitro existe em Câmaras de negociação, não é um cargo público. O que eles queriam era status”, afirma o delegado que conduz as investigações.
Guilherme Farias afirma, em representação à Justiça, que “além dos símbolos usados por Peró, que remetem à fé cristã, como a Estrela de Davi e a Arca da Aliança”, o suspeito “arregimenta pastores evangélicos, possivelmente como corretores, para vender ‘aportes’ de sua operação a fiéis das respectivas igrejas evangélicas onde referidos pastores agem também de forma criminosa, seja vendendo ‘aportes’ ou mesmo divulgando e estimulando uma operação ilegal”. “Vários pastores são citados nos grupos, dos mais diversos estados brasileiros”, relata.
A PF ainda afirma que “Sidinei dos Anjos Peró está sendo alvo de uma investigação na Policia Civil de Primavera do Leste/MT, juntamente com Gleison França do Rosário, que tudo indica, teria sido seu ‘corretor’ na região citada, fato este ocorrido dentro de uma igreja evangélica, inclusive com a participação do pastor responsável pela instituição religiosa’.
O nome da operação faz referência a uma passagem bíblica, na qual o ouro da cidade de Ofir era finíssimo, puro e raro, sendo o mais precioso metal da época. Ofir nunca foi localizada e nem o metal precioso dela oriundo.
A defesa de Sidiney dos Anjos Peró não foi localizada pela reportagem. O espaço está aberto para manifestação.